Coronavírus: quanto mais todos colaborarem, mais rápido a pandemia vai passar

Entenda por que essa crise é séria, como prevenir e evitar que o vírus se espalhe

A pandemia do novo coronavírus, o COVID-19, está se espalhando rapidamente pelo mundo. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, em 26 de março já haviam sido confirmados 416.686 casos de infecção e 18.589 mortes em 196 países. Começando na China, o vírus se espalhou primeiro pelo resto da Ásia e pela Europa. Agora, ganha força nas Américas, incluindo o Brasil, onde já há mais de 2 mil casos confirmados e 46 óbitos. E está chegando também em Pardinho, onde já há 1 caso suspeito de infecção, segundo boletim da Secretaria Municipal da Saúde publicado em 25 de março.

É hora de se prevenir. Sem pânico, mas com responsabilidade e consciência!

Na maioria dos casos, os sintomas das pessoas infectadas são leves e se assemelham a uma gripe comum. Porém, em algumas pessoas pode causar graves problemas respiratórios sendo necessários o uso de equipamentos para auxiliar a respiração e a internação em leitos de UTI. Se tivermos muitas pessoas doentes, o SUS de nossa região poderá não ser suficiente para atender a todos.

Vale também lembrar, que a atenção deve ser redobrada em idosos, diabéticos, hipertensos, portadores de doenças respiratórias (incluindo bronquite e asma) e de doenças autoimunes.

COMO EVITAR O CORONAVÍRUS?

A principal medida é o isolamento social. Experiências em países como China e Itália têm mostrado que, ao evitar previamente o contato e manter distanciamento uns dos outros, evita-se que o coronavírus se propague com tanta velocidade. Segundo dados do SUS, mesmo que não apresente sintomas, caso não se isole, uma pessoa infectada pode transmitir o COVID-19 para 406 pessoas em 30 dias. Em isolamento, transmite para apenas até 3 pessoas.

Por isso, a melhor atitude é ficar em casa o máximo possível e sair apenas para o essencial, como compras no mercado ou farmácia. Agora não é hora de festas, passeios no parque ou outras situações sociais. Nem para chamar amigos e família para visitas em casa. Isolamento é isolamento!

Outra medida fundamental é lavar bem as mãos com água e sabão. Quando isso não for possível, higienizá-las com álcool-gel 70%. Dessa forma, eliminam-se os vírus que possam estar nas suas mãos. Também é importante evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

Caso tenha vontade de tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com o antebraço ou com um lenço descartável. Em seguida, descarte o lenço imediatamente. Também fique a pelo menos 2 metros de distância entre você e qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando. Mantenha ambientes bem ventilados e evite compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

Com essas medidas simples, você contribuirá muito para evitar a disseminação do coronavírus.

CUIDADO COM AS FAKE NEWS

Em tempos de crise como esse, informações e orientações falsas circulam tão rapidamente quanto o coronavírus. Muitas delas, além de não serem eficientes no combate à pandemia, podem fazer mal à sua saúde. Por isso, desconfie de qualquer informação que não venha de um órgão oficial. Atenha-se às orientações desta matéria, que seguem o protocolo do Ministério da Saúde. É o melhor que você pode fazer a si mesmo, à sua família e a todos.

MOMENTO DE PARADA E REAVALIAÇÃO

A rotina corrida muitas vezes não nos permite aproveitar as coisas simples da vida. Que tal aproveitar esse período de quarentena para estar mais próximo da família, ler bons livros, ouvir música, brincar com as crianças e se dedicar a um hobby? Assim você reduzirá o estresse causado pela situação e viverá bons momentos com as pessoas amadas e consigo mesmo. Parar um pouco faz bem!

Lembre-se: não é hora de pânico, mas é preciso levar essa pandemia a sério. Quanto mais cada um colaborar, mais rápido ela passará e menores serão os danos para todos nós!. Tomando-se todas as medidas necessárias, logo a vida de todos poderá voltar ao normal.

O Instituto Jatobás e o Centro Max Feffer Cultura e Sustentabilidade estão colaborando ativamente com a Prefeitura de Pardinho para manter os cidadãos informados. Acompanhe a página do MAX  no Facebook – @centromaxfeffer –  e fique sempre atualizado. Em breve, lançaremos a “Quarentena no Max é aqui! Fique em casa com a gente”, uma programação exclusiva e online para que você continue participando das atividades do Max.

X